This page has moved to a new address.

PRESIDENTE DA CÂMARA DEFENDE QUE "SE HOUVER DÚVIDA" SOBRE ZONEAMENTO, PROCESSO DEVE SER REFEITO